A Policia Judiciária (PJ) anunciou a detenção de dois homens nos Açores, um em São Miguel e o outro na ilha Terceira, suspeitos de abuso sexual de duas raparigas, uma delas com 11 anos e outra com 12.

Segundo o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da PJ, citado pela Lusa, no primeiro caso trata-se de um homem, «agricultor, presumível autor de crimes de abuso sexual de criança, de que foi vítima uma jovem com 11 anos».

«Os factos criminosos ocorreram no concelho de Ponta Delgada e ter-se-ão iniciado em finais do ano transato, existindo entre o arguido e a vítima uma relação de familiaridade», adianta um comunicado da PJ, segundo o qual o homem de, 31 anos, foi já presente a primeiro interrogatório judicial.

A PJ deteve, ainda, um homem, de 19 anos, suspeito de «crimes de abuso sexual de uma rapariga de 12 anos».

De acordo com a PJ, os crimes «ocorreram na ilha Terceira, tendo o arguido estabelecido contacto com a criança através das redes sociais e, aproveitando-se da sua inexperiência e imaturidade, levou-a à prática de relações sexuais».

O detido foi já, também, presente a primeiro interrogatório judicial.

Não foram divulgadas as medidas de coação aplicadas aos dois suspeitos.