A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção, na Guarda, de dois homens e de uma mulher, com idades entre os 29 e 57 anos, pela alegada prática do crime de tráfico de substâncias estupefacientes.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, os detidos, comerciantes de profissão, são suspeitos de serem «os principais abastecedores de produtos estupefacientes na cidade da Guarda».

As detenções resultaram de uma investigação desenvolvida há vários meses «no âmbito da qual já anteriormente tinham sido detidos outros dois suspeitos a quem foram aplicadas, como medidas de coação, apresentações periódicas às autoridades policiais», refere a fonte.

Os três detidos estavam na posse de uma quantidade de haxixe correspondente a cerca de 1.300 doses individuais, de cerca de 3.000 euros em numerário e de outros objetos relacionados com a atividade ilícita desenvolvida, indica o comunicado.

Os suspeitos foram presentes às autoridades judiciárias competentes, tendo um homem e a mulher ficado sujeitos à medida de coação de prisão preventiva.

O outro detido pela PJ da Guarda ficou em liberdade, mediante a obrigação de apresentações semanais às autoridades.