A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de dois homens suspeitos da prática de cinco assaltos à mão armada em lojas de ouro localizadas em Lisboa e nos concelhos de Mafra e Torres Vedras.

A PJ de Lisboa disse, em comunicado, que os suspeitos, de 22 e 24 anos, estarão envolvidos em cinco assaltos à mão armada a estabelecimentos de compra e venda de ouro situados em Mafra, Ericeira, Torres Vedras, Malveira e Lisboa, entre março e agosto deste ano.

Fonte da PJ adiantou que, em todos os assaltos, os suspeitos manietavam as vítimas e fechavam-nas na casa de banho para concretizarem o crime.

Nos assaltos, foram roubados mais de dois mil euros em dinheiro, bem como telemóveis, um computador e diversos objetos de ouro e prata.

Além dos roubos, os detidos estão indiciados de crimes de detenção de arma proibida.

De acordo com a PJ, os crimes eram cometidos materialmente apenas por um dos detidos, sendo a arma de fogo e uma viatura utilizadas nos assaltos, e entretanto apreendidas, cedidas pelo outro.

A investigação da PJ continua para apurar se os suspeitos estariam envolvidos em outros crimes idênticos.

Os detidos são hoje presentes ao juiz de instrução criminal do Tribunal de Sintra para lhes serem aplicadas medidas de coação.