A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção de um homem suspeito da prática de vários crimes de abuso sexual de que foi vítima uma menor, de 13 anos, na comarca de Arganil.

Em comunicado, a Diretoria do Centro da PJ, sediada em Coimbra, informa que o arguido, de 55 anos e com antecedentes criminais, vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que a denúncia foi recebida na segunda-feira e que o arguido foi detido no dia seguinte e presente hoje a primeiro interrogatório judicial, no qual foi determinada a prisão preventiva.

«O detido é tio da vítima e tem antecedentes criminais relacionados com crimes contra o património, tendo cumprido várias penas de prisão, somando cerca de 15 anos», referiu a mesma fonte.

Segundo a PJ, a irmã mais nova da vítima, que terá presenciado a situação, revelou a um vizinho, tendo sido desencadeada a investigação.

Os crimes terão começado no final de abril, depois de o arguido ir viver para casa da família.