A Policia Judiciária (PJ) anunciou, esta sexta-feira, a detenção de um homem pelo crime de burla informática e nas telecomunicações.

A investigação, que durava já há um ano, apurou que o suspeito se dedicava «de forma continuada a alterar informaticamente a programação destinada a obter sinal de televisão por cabo, criando um sistema paralelo de obtenção de sinal televisivo para um elevado número de clientes».

A polícia apreendeu computadores e equipamentos técnicos relacionados com a atividade ilícita, «que terá lesado patrimonialmente o detentor do serviço em centenas de milhares de euros».

O detido, de 53 anos, residente na cidade de Gondomar, foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, que não foram divulgadas.