A Polícia Judiciária (PJ) deteve cinco homens suspeitos de sequestro agravado, roubo qualificado, violação de domicílio, tráfico de droga e posse de armas proibidas, anunciou hoje esta polícia.

Em comunicado, a PJ refere que os crimes terão tido como motivação o fim da relação amorosa que terá existido entre uma das vítimas e o mandante dos crimes referidos, tendo a violência culminado no sequestro e roubo de uma mulher e de um homem.

Os detidos têm idades entre os 29 e os 41 anos e durante o crime de sequestro usaram de “extrema violência para com a mulher”, acrescenta o documento.


Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial.

A operação foi desenvolvida pela Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT), em investigação orientada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.