A Polícia Judiciária deteve um jovem de 19 anos, em Coimbra, pela presumível prática de um crime de homicídio sob a forma tentada durante uma rixa na cidade, informou esta quarta-feira a PJ.

O crime ocorreu em finais de setembro, na zona da praça da República, e «está relacionado com o pequeno negócio de estupefacientes», disse à agência Lusa fonte policial.

«Os factos ocorreram (...) no decurso de um ajuste de contas, envolvendo diversos indivíduos, tendo sido efetuados vários disparos de armas de fogo, que colocaram em perigo a vida das vítimas e de terceiros», segundo um comunicado da PJ.

Duas das pessoas, residentes em Coimbra e envolvidas nos incidentes, registados no período noturno, utilizaram armas de fogo, segundo a fonte.

Na sequência de «várias diligências probatórias», a PJ apreendeu duas pistolas semiautomáticas ao detido, uma de calibre 6.35 mm e outra de calibre 22 mm.

O arguido, solteiro e sem profissão, foi presente na terça-feira a um primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra, ficando obrigado a permanecer na habitação sob vigilância eletrónica.

Esta medida de coação já tinha sido também aplicada a outro suspeito do mesmo crime, detido pouco depois da rixa na praça da República.