A Polícia Judiciária deteve dez suspeitos e desmantelou uma organização criminosa que, a partir da região da Grande Lisboa e península de Setúbal, efetuava furtos a caixas multibanco, através de explosão e outros crimes graves.

Segundo um comunicado da Polícia Judiciária (PJ), na operação foram detidos sete suspeitos, incluindo uma mulher, com idades entre os 19 e os 31 anos, alguns deles com antecedentes por criminalidade violenta.

No decurso da operação "Caixa Automática" foram apreendidas vários automóveis e diversos objetos relacionados com os crimes em investigação.

Os detidos serão hoje submetidos a primeiro interrogatório judicial para a aplicação das medidas de coação.

A investigação esteve a cargo da Unidade Nacional Contra-Terrorismo (UNCT) da PJ.