A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve dois homens suspeitos de burlas na compra de telemóveis topo de gama, que compravam na internet com os dados de cartões de crédito alheios.

A detenção ocorreu no âmbito de uma investigação do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro que “levou ao desmantelamento de um grupo que se dedicava à prática de burlas” na aquisição de aparelhos eletrónicos de comunicações.

O ‘modus operandi’ do grupo consistia em efetuar encomendas dos aparelhos em causa, normalmente em valores unitários superiores a mil euros, através da internet, utilizando os dados de cartões de crédito de terceiros como meio de pagamento, para posterior revenda abaixo do preço de custo, estando em causa elevado número de encomendas e um prejuízo superior a dezenas de milhares de euros”, revela a PJ em comunicado.

Aquela polícia, na sequência da investigação criminal, apreendeu vários aparelhos eletrónicos, nomeadamente telemóveis e um computador portátil.

Os detidos, de 32 e 33 anos de idade, irão ser presentes às autoridades judiciárias na Comarca de Aveiro, para a realização do primeiro interrogatório e decisão quanto às medidas de coação a aplicar.