A Polícia Judiciária deteve um homem de 31 anos por suspeita de burla e roubo de automóvel, crimes ocorridos em março de 2014, em Gaia, informou hoje o Diretoria do Norte daquela corporação.

Segundo comunicado, o suspeito, com antecedentes pelo mesmo tipo de ilícito, terá cometido o crime durante um encontro com o proprietário do veículo, com o qual pretendia fazer negócio, recorrendo para isso a um título de crédito que fazia parte de um conjunto de cheques furtados a uma empresa, alguns já utilizados “para aquisições fraudulentas”.

O proprietário do veículo ter-se-á deslocado à zona do Porto, onde foi ameaçado pelo suspeito com uma arma de fogo, após não concordar com o método de pagamento, lê-se na nota informativa.

Acrescenta-se que o ofendido foi obrigado a “entregar-lhe a viatura e respetivos documentos”, sendo ameaçado, bem como a sua família, caso este “participasse a situação às autoridades”.