logotipo tvi24

Caça a rede que extorquia prostitutas e clientes

Buscas na zona de Ovar levadas a cabo pela PJ durante todo o dia

Por: tvi24 / CLC    |   2010-01-06 19:23

A Polícia Judiciária realizou esta quarta-feira uma série de buscas na zona de Ovar, para desmantelar uma rede de extorsão a prostitutas e clientes que frequentam uma mata do concelho, disse fonte policial, informa a agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, a operação «Reis da Mata», que decorre desde a manhã de hoje no Porto e em Aveiro, envolve vários efectivos da directoria do Norte da PJ, mas as autoridades só vão prestar esclarecimentos formais sobre o caso na quinta-feira visto que as diligências deverão estar concluídas esta noite.

Segundo a edição on-line do Expresso, os suspeitos dedicavam-se a extorquir dinheiro a prostitutas e clientes que frequentam a mata de Cortegaça, em Ovar.

«Os suspeitos exigiam uma taxa diária para as prostitutas frequentarem a Mata de Cortegaça», disse fonte judicial ao Expresso, justificando assim o facto de a operação ter sido denominada «Reis da Mata».

A operação visa crimes de tráfico de pessoas, imigração ilegal de prostitutas e ainda tráfico de armas, acrescentou a mesma fonte, que aponta o «clima de medo e intimidação sobre prostitutas e os seus clientes» que «dura há já alguns anos».

Partilhar
EM BAIXO: Prostituição (arquivo)
Prostituição (arquivo)

Milhares de professores nos centros de emprego
As listas de colocações ainda não foram divulgadas
Beber café faz bem aos dentes
Estudo deixa cair teoria sobre os malefícios da cafeína
Suspeito de ter matado mulher em Paredes é ouvido segunda-feira
Mulher morreu com vários golpes de arma branca
EM MANCHETE
Artur deu uma ajuda
Benfica e Sporting empataram 1-1 e ficaram mais longe dos líderes da Liga, entre os quais o FCPorto
Marcelo considera que Seguro teve uma «boa ideia»
Salário mínimo: «Governo não vai fazer nada de novo»