logotipo tvi24

Caça a rede que extorquia prostitutas e clientes

Buscas na zona de Ovar levadas a cabo pela PJ durante todo o dia

Por: tvi24 / CLC    |   2010-01-06 19:23

A Polícia Judiciária realizou esta quarta-feira uma série de buscas na zona de Ovar, para desmantelar uma rede de extorsão a prostitutas e clientes que frequentam uma mata do concelho, disse fonte policial, informa a agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, a operação «Reis da Mata», que decorre desde a manhã de hoje no Porto e em Aveiro, envolve vários efectivos da directoria do Norte da PJ, mas as autoridades só vão prestar esclarecimentos formais sobre o caso na quinta-feira visto que as diligências deverão estar concluídas esta noite.

Segundo a edição on-line do Expresso, os suspeitos dedicavam-se a extorquir dinheiro a prostitutas e clientes que frequentam a mata de Cortegaça, em Ovar.

«Os suspeitos exigiam uma taxa diária para as prostitutas frequentarem a Mata de Cortegaça», disse fonte judicial ao Expresso, justificando assim o facto de a operação ter sido denominada «Reis da Mata».

A operação visa crimes de tráfico de pessoas, imigração ilegal de prostitutas e ainda tráfico de armas, acrescentou a mesma fonte, que aponta o «clima de medo e intimidação sobre prostitutas e os seus clientes» que «dura há já alguns anos».

Partilhar
EM BAIXO: Prostituição (arquivo)
Prostituição (arquivo)

ASAE apreende sete mil queijos
Autoridade de Segurança Alimentar e Económica suspende unidade de fabrico em Mirandela
Professores: diretores querem rescisões e aposentações até setembro
Escolas não querem atribuir horários a docentes que dentro de poucos meses podem deixar a escola pública em definitivo
Ébola: «Risco de contágio na Europa é pequeno»
Especialista em doenças tropicais do Instituto de Higiene e Medicina Tropical diz que o surto está circunscrito a três países africanos