PJ: os mais procurados

São suspeitos de vários crimes, mas autoridades desconhecem o seu nome e paradeiro. Veja as fotos

Por:
   |   7 de Abril de 2010 às 10:33
Há três suspeitos de terem cometido crimes em Portugal, cuja Polícia Judiciária (PJ) desconhece o nome e o paradeiro. São procurados desde 2008 e 2009. Sem pistas as autoridades divulgaram os rostos dos alegados criminosos, na esperança de que os cidadãos possam colaborar a ajudar nas investigações.

O caso mais antigo remonta a 2008. Trata-se de um indivíduo que terá uma idade compreendida entre os 25 e os 30 anos, medindo cerca de 1,65 m de altura, de cabelo quase rapado, rosto oval, olhos escuros e grandes, lábios grossos, que falará Português, mas com um sotaque nitidamente Africano, explica na sua página da Internet a Polícia Judiciária, que opta por não referir os crimes dos quais é suspeito.

A PJ apenas refere que é procurado no âmbito da investigação de uma situação particularmente grave. Na altura dos factos, vestia umas calças de ganga e uma camisola azul, com os números 1970, inscritos em cor branca na parte da frente.

Quem reconhecer a pessoa deverá entrar em contacto com o piquete da judiciária através dos números 21 357 45 66 / 21 864 10 36/ 96 151 78 28.

Burla com apartamentos de férias

Desde o início de 2009 que a PJ também está à procura de um homem suspeito de ter cometido um crime de burla, relacionado com o aluguer de apartamentos de férias, furto e uso de cartão de débito. No momento captado pelas imagens estará a utilizar o cartão de furtou.

Qualquer informação relativa a este homem deverá ser comunicada para os telefones 282 405 400 ou 282 427 671, de Portimão.

Assalto aos CTT

O último «procurado», cuja PJ pede a colaboração dos cidadãos, é suspeito de assaltar com recurso a arma branca, a estação dos CTT em Mina - Amadora.

É descrito pelas autoridades como um indivíduo de raça branca, de pele bastante clara e bem tratada, cabelo loiro, liso e comprido, pelo pescoço, face de formato estreito, nariz fino e direito, aparenta ter entre 20 e 30 anos, mede cerca de 1,75m de altura, tem compleição física normal e fala português correcto, sem qualquer tipo de sotaque.

Nesta situação, qualquer informação deve ser comunicada para 21 724 33 00 ou 21 724 34 10.

Recorde-se que recentemente, após divulgação de um retrato robot e recolhida informação dada por cidadãos, a PJ deteve o alegado violador de Telheiras .
Partilhar
EM BAIXO: PJ: os mais procurados
PJ: os mais procurados

COMENTÁRIOS

PUB
Estado está a cobrar 244 milhões de euros a mais de IMI

Simuladores mostram que os portugueses estão a pagar mais Imposto Municipal sobre Imóveis do que deviam, garante a Deco, que está a promover uma manifestação online. O conselho? Munido da caderneta predial, cada contribuinte pode verificar se lhe compensa pedir a atualização dos dados