A Polícia Judiciária de Setúbal deteve um jovem, de 17 anos, residente em Almada, suspeito dos crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores agravado.

Segundo um comunicado da PJ, o arguido, já com antecedentes por idênticas práticas, criou e usou, em 2015, um falso perfil feminino numa rede social, em que terá tido mais de mil amigos, quase todos menores.

A PJ adianta, ainda, que o jovem terá convencido quatro crianças de idades compreendidas entre os 11 e os 12 anos, que tinha como amigos no perfil falso, a enviarem-lhe fotos e vídeos de cariz sexual, que usou para as chantagear, ameaçando-as com a sua publicação na Internet.

O arguido terá ainda feito várias tentativas, sem êxito, para se encontrar pessoalmente com as vítimas, adianta a Lusa.

O jovem detido pela PJ de Setúbal deverá ser presente esta sexta-feira a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de eventuais medidas de coação.