A PSP procedeu, esta terça-feira, à destruição de 3.450 armas - 3.110 de fogo e 340 armas brancas - elevando para um total de 14.649 o total de armas destruídas durante este ano.

Segundo a Direção Nacional da PSP, das 14.649 armas destruídas no decurso deste ano, 13.053 eram armas de fogo e 1.596 armas brancas.

As armas hoje destruídas, em instalações apropriadas para o efeito, provinham, essencialmente, dos Comandos Distritais da PSP da Zona Centro do país, onde foram efetuadas ações diretas de recolha e verificação de armas pelos efetivos do Departamento de Armas e Explosivos, no âmbito da atividade de gestão e regularização dos depósitos de armas da PSP.