A Inspeção Regional das Pescas dos Açores, a Polícia Marítima e a Guarda Nacional Republicana (GNR) apreenderam esta terça-feira em Rabo de Peixe 790 quilos de pescado, no âmbito de uma ação de fiscalização.

Realizada de madrugada, a ação tinha por objetivo controlar a pesca de chicharro com artes de cerco e artes de levantar e detetar eventuais fugas à lota do pescado, adianta uma nota do gabinete de apoio à comunicação social do Governo dos Açores.

Foram inspecionadas cinco embarcações de pesca a operar com arte de rede de cerco para a captura de chicharro, duas das quais foram abordadas ainda no mar e as restantes três no momento da chegada ao Porto de Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, na costa norte de São Miguel.

O comunicado enviado à Lusa adianta que os 790 quilos de pescado apreendido foram a leilão e as verbas obtidas ficaram “à guarda dos processos até decisão”.

No âmbito desta ação de fiscalização foram ainda levantados cinco processos de contraordenação por infrações no quadro legal da pesca açoriana.

Esta missão inspetiva contou com uma embarcação de fiscalização no mar e quatro equipas em terra com quatro viaturas de apoio, envolvendo um total de três inspetores da Inspeção Regional das Pescas, seis militares da Polícia Marítima e oito militares da GNR.