A PSP instaurou um processo de averiguações para esclarecer as circunstâncias da morte de uma mulher durante uma perseguição policial, esta quarta-feira, em Lisboa, e lamentou o ocorrido.

"A PSP lamenta a morte da cidadã envolvida na ocorrência."

Segundo comunicado da PSP, também "foi dado conhecimento da ocorrência à Inspeção Geral da Administração Interna", que entretanto abriu um inquérito.

De acordo com a versão da PSP, o assalto a uma caixa multibanco, com recurso à explosão, ocorreu pelas 3:05.

"Seguindo o protocolo operacional aplicável a estas situações, foi difundida via rádio, a todo o dispositivo policial da área de Setúbal, Lisboa e regiões adjacentes, a ocorrência do furto e as informações disponíveis sobre a mesma."

Depois, na Segunda Circular, já em Lisboa, no sentido Benfica-Sacavém, os suspeitos foram detetados e fugiram em direção à Rotunda do Relógio, "circulando em diversas vias a alta velocidade e em contramão, colocando em perigo todas as pessoas que ali se encontravam".

"Já nas imediações do Aeroporto Humberto Delgado, foram efetuados por parte dos suspeitos diversos disparos com arma de fogo contra os agentes da PSP que os perseguiam, ao que estes ripostaram, igualmente recorrendo a arma de fogo."

Pouco depois, na zona da Encarnação, Loures, foi detetada "uma viatura que aparentava corresponder às características da viatura suspeita, cujo condutor desobedeceu à ordem de paragem".

"Esta viatura, durante a fuga, tentou atropelar os polícias, que tiveram de afastar-se rapidamente para não serem atingidos e, em ato contínuo, os polícias foram obrigados a recorrer a armas de fogo. Mais à frente, a viatura voltou a desobedecer à ordem de paragem por outra equipa de polícias, tendo sido intercetada pouco tempo depois."

Os agentes confrontaram-se, então, com uma mulher ferida por uma bala. Os meios de emergência ainda estiveram no local, mas a vítima acabou por falecer.

O homem que conduzia a viatura foi detido por condução sem habilitação legal, por desobediência ao sinal de paragem e por condução perigosa.

A Polícia Judiciária foi, de imediato, chamada ao local.