A GNR deteve em Penafiel um homem de 35 anos, suspeito de violência doméstica, ao qual foram apreendidas várias armas de fogo e munições, anunciou hoje a autoridade policial.

Após busca domiciliária, os militares apreenderam uma arma de alarme, 13 munições de salva, de calibre oito milímetros, uma munição de calibre 7,65, uma espingarda de caça, uma arma de ar comprimido, uma fisga profissional, nove cartuchos de calibre 12, 30 munições de calibre 6,35, uma pistola do mesmo calibre, dois carregadores, um dos quais municiado com cinco munições, e dois punhais de mato.

Na operação, realizada na quinta-feira, foram ainda apreendidos pela autoridade um computador portátil, um telemóvel e um bastão metálico.

A operação foi realizada pelo efetivo do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), de Penafiel.

No inquérito, segundo a GNR, "desenvolveram-se diligências de investigação relativas ao denunciado, o qual, de forma reiterada, terá vindo a exercer comportamentos, nomeadamente perseguições que ia fazendo, insultos e ameaças de morte que terão, justificadamente causado medo à vitima".