A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve uma pessoa, apreendeu três viaturas e multou 72 condutores, no âmbito da operação «Pégasus» realizada nos aeroportos portugueses, na sexta-feira, revelou esta segunda-feira a força de segurança.

Na operação de 24 horas, a PSP apreendeu ainda três documentos e identificou 53 pessoas, duas das quais por consumo de estupefacientes, adianta uma nota de imprensa da força policial.

A PSP avança que, das 72 infrações ao Código da Estrada, a maioria foi por falta de seguro, de inspeção periódica obrigatória e de triângulo, por não utilização do cinto de segurança ou de cadeirinhas de crianças, por estacionamento em local proibido e utilização do telemóvel durante a condução.

Durante a operação «Pégasus», a PSP fiscalizou 567 viaturas e testou mais de 25 condutores, no âmbito do controlo do álcool.

A operação mobilizou os comandos da PSP de Lisboa, Porto, Faro, Madeira e Açores, e incidiu a ação nos aeroportos internacionais destas cidades e nas interfaces de transportes públicos que servem estes locais, de acordo com a informação hoje divulgada.

A PSP refere ainda que a ação teve como objetivo reforçar a visibilidade policial, para dissuadir comportamentos criminais, e aproximar os turistas internacionais, com a promoção da imagem de Portugal como destino seguro.