O presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande assumiu num documento a que a TVI teve acesso que geriu como muito bem entendeu todo o processo de reconstrução das casas que arderam no incêndio do ano passado, passando por cima, inclusivamente, das regras que constavam do Fundo Revita.

Valdemar Alves diz claramente ter sido uma decisão política do executivo reconstruir casas sem distinção do carácter permanente ou secundário das mesmas.

O documento, que contraria tudo o que o presidente do executivo tem afirmado publicamente, é a resposta a um pedido de esclarecimento feito por deputados municipais da bancada do PSD, e que até agora não tinha sido tornado público.