A Associação de Produtores de Leite de Portugal (Aprolep) envia na segunda-feira para Pampilhosa da Serra, 20 toneladas de feno que foram oferecidas por oito produtores e que são destinadas à alimentação dos animais afetados pelos incêndios.

Dois grandes incêndios deflagraram na região Centro no dia 17 e provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos.

Em comunicado, a Aprolep diz que um camião será carregado na segunda-feira depois das 8:00 na empresa Agrolink, em Arcos, Vila do Conde, e que deverá ser descarregado no Estaleiro Municipal da Câmara da Pampilhosa da Serra.

A Aprolep agradece à Agrolink, à Transfradelos, aos produtores que oferecem o feno e aos que já se disponibilizaram para ofertas futuras que serão organizadas assim que tivermos informação das necessidades locais”, diz a organização.

Jorge Oliveira, presidente da Aprolep, disse à agência Lusa que, na quinta-feira, já tinham sido enviadas outras 20 toneladas de feno para Pedrógão Grande.

Vamos continuar a distribuir. Vamos agora fazer um levantamento e ver os municípios com mais dificuldades. Nesta próxima semana deveremos enviar uma outra carga”, disse.

O responsável disse ainda que os “produtores têm sido muito solidários”, assumindo haver "mais dificuldades em conseguir quem ofereça o transporte, do que ao donativo do feno”.

O incêndio de Góis, que também começou no dia 17, atingiu ainda Arganil e Pampilhosa da Serra, sem fazer vítimas mortais.