Fazer-me à estrada para nova temporada da Mesa Nacional é um prazer revisitado. Correr o país, percorrer cinco mil km de carro, voar para Açores e Madeira à procura dos mais inesperados restaurantes, é um desafio e uma viagem ao interior das gentes portuguesas.

A cumplicidade com o meu camarada e repórter de imagem, Ricardo Ferreira, reforça o empenho num produto televisivo cujo sucesso de audiências nos empurra para a terceira temporada.

Este ano, a Mesa Nacional bate o recorde de 23 emissões. 23 reportagens diárias, para devendar os locais e os petiscos onde só se levam os amigos.

Sabemos que vamos ser supreendidos, que nem tudo vai correr como planeámos, mas também estamos seguros de que, ao longo deste mês de Agosto, vamos levar um pouco mais de Portugal aos espectadores da TVI espalhados por todo o Mundo.

Vamos a isto...

O arranque da Mesa Nacional 2016, é dado por um dos petiscos mais procurados pelos portugueses, falo do leitão.

E onde comer o melhor bácoro? As nossa dicas levam-nos para o Mugasa, Sangalhos, onde vamos encontrar um verdadeiro altar ao leitão e onde tudo se faz com o animal. Desde croquetes a feijoada, de rissóis a cabidela e, claro, o inevitável leitão no forno.

Bom apetite, terça-feira há mais.