Um dos principais jornais chineses, o China Daily, distinguiu hoje as iguarias confecionadas pelo único 'chef' português estabelecido em Pequim, Paulo Quaresma, num artigo de quase uma página inteira intitulado "Lisboa no Prato".

"Eu cozinho à maneira das mães portuguesas e quero dar às pessoas o verdadeiro sabor da cozinha portuguesa", diz Paulo Quaresma numa entrevista ilustrada com fotografias de três especialidades típicas do país: pasteis de bacalhau, rodelas de chouriço e pasteis de nata.

Presunto fumado e sopa de tomate com ovo escalfado foram outros pratos exóticos assinalados pelo China Daily.

Paulo Quaresma, de 40 anos e dez de profissão, dirige a cozinha do "Camões", restaurante aberto em 2008 num hotel de cinco estrelas do centro de Pequim, propriedade de um magnata de Macau.

Posteriormente, abriu outro restaurante português, "Dom Frango", cujo 'chef' é chinês.

Paulo Quaresma chegou há cinco anos a Pequim, onde entretanto casou com uma mulher chinesa e é pai de um rapaz já com dois anos: "Sou feliz aqui", disse.

Sede de um município com cerca de 21,5 milhões de habitantes e uma área equivalente a metade da Bélgica, Pequim tem dezenas de restaurantes europeus, nomeadamente franceses, italianos e espanhóis.

"A cozinha portuguesa em Pequim é menos conhecida do que outros sabores europeus", salienta o China Daily

Paulo Quaresma lamenta que "poucos chineses saborearam a autêntica cozinha portuguesa", mas como diz o jornal, ele "está ansioso por mudar isso".

Fundado no início da década de 1980, o China Daily é o mais antigo jornal oficial chinês de língua inglesa, com edições diárias no continente, em Hong Kong e nos Estados Unidos, e edições semanais para a Europa e África.