O novo presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) será o major Paulo Campos, confirmou hoje à agência Lusa fonte oficial do Ministério da Saúde.

Paulo José Amado de Campos era um dos três nomes propostos pela Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CRESAP) e apresentados ao ministro da Saúde para assumir a presidência do INEM, segundo a página oficial daquele organismo.

Teresa Cardoso Pinto, da delegação sul do INEM, e Vítor Lopes Fernades Almeida eram os dois outros nomes apresentados pela CRESAP.

A ainda presidente do INEM, Regina Pimentel, que substituiu Miguel Soares de Oliveira, estava no cargo desde outubro do ano passado, mas não constava da proposta da CRESAP.

Fonte oficial do Ministério da Saúde confirmou à agência Lusa que o nome escolhido para a presidência do INEM foi o do major Paulo Amado de Campos, sendo que a nomeação oficial deve ser publicada em breve.

Segundo a edição online do «Jornal de Notícias», Paulo Campos é oficial do quadro permanente do Exército Português, tem 42 anos e é licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. A maior parte da sua carreira profissional foi em hospitais da região Norte.