O Diretor-Geral do Património Cultural determinou a abertura do procedimento para a classificação da Ponte 25 de Abril, que liga Lisboa a Almada, segundo um anúncio publicado esta quarta-feira em Diário da República.

No documento, Nuno Vassallo e Silva indicou que por proposta do Departamento dos Bens Culturais da sua direção geral foi determinada a «abertura do procedimento de classificação da Ponte 25 de Abril», que se estende entre a freguesia de Alcântara (Lisboa) e a União das Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas.

O despacho inclui a ponte em vias de classificação e os imóveis localizados na zona geral de proteção, numa distância de 50 metros a partir dos limites externos.

O processo pode ser consultado nas páginas eletrónicas dos seguintes organismos da Direção-Geral do Património Cultural (www.patrimoniocultural.pt), da Câmara Municipal de Lisboa, (www.cm-lisboa.pt) e da Câmara Municipal de Almada (www.cm-almada.pt).