Um grupo de alunos do Colégio do Rosário, do Porto, participou esta quinta-feira numa sessão da iniciativa Euroscola no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, em França, assumindo o papel de eurodeputados.

A iniciativa juntou cerca de 550 alunos do secundário de 24 países da União Europeia, sendo o grupo português constituído por 24 alunos dos 11.º e 12.º anos de escolaridade e por dois professores.

«Ambiente e energias renováveis», «2015 - Ano Europeu do Desenvolvimento», «O futuro da Europa», «Liberdade de informação e cidadania ativa», «Migração e integração» e «Emprego jovem» foram os temas que os estudantes levaram à sessão plenária, depois de participarem em grupos de trabalho multilingues.

O balanço desta experiência foi «muito positivo» para João Barreiros, 17 anos e estudante de economia, que destacou a «grande liberdade que cada um teve para contra-argumentar» durante o debate.

«Senti-me europeu, senti que estava numa zona muito maior do que Portugal», disse, enaltecendo o convívio com muitos outros jovens.

Beatriz, também de 17 anos, classificou como «muito positiva» a experiência de hoje, na qual vestiu «a camisola de um deputado» e ficou a perceber «como é que funciona a União Europeia».

«Trocar ideias com outras pessoas e ganhar confiança a falar em público» foram pontos fortes do dia de trabalho para esta aluna.

Já João Soares referiu a diversidade de culturas como um dos fatores mais importantes desta visita ao PE.

As sessões do Euroscola visam familiarizar os jovens com o funcionamento das instituições europeias, consciencializá-los sobre a sua condição de cidadãos europeus e a sua intervenção na organização futura da Europa, bem como oferecer-lhes uma tribuna, na qual podem exprimir as suas opiniões sobre os temas em debate.

Para participar nesta sessão, os estudantes deste colégio - 1.º classificado no ranking dos exames nacionais do secundário no ano letivo 2013/2014 - foram selecionados no âmbito de um concurso organizado a nível nacional pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e pelo Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, com a participação da Assembleia da República e das direções regionais da Juventude dos Açores e da Madeira.

Para 2015 estão programadas 18 sessões do Euroscola em Estrasburgo, tendo sido selecionadas 16 escolas nacionais para representar o país.