Um português de 65 anos foi esta quinta-feira apanhado no aeroporto de Paphos, em Chipre, vindo de Bruxelas com 05 gramas de um pó branco que a polícia acredita ser cocaína, dentro de um preservativo ingerido.

De acordo com a polícia cipriota, o português chegou ao aeroporto de Paphos, o segundo maior de Chipre, vindo de Bruxelas às 18:45 de quarta-feira.

A polícia agiu com base numa denúncia, explica o site noticioso Ein Newsdesk, que justificou uma revista ao homem e às suas malas, mas como não foi encontrado nada, as autoridades optaram por fazer um raio-x, que acabou por revelar a existência no estômago de um preservativo com cerca de cinco gramas de um pó branco que a polícia acredita ser cocaína.

O português foi então detido e mantém-se em custódia no Hospital de Paphos, onde foi feito o raio-x.

A Lusa tentou contactar a polícia local, mas ainda sem sucesso.