http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/videos/escolha-de-argentino-representa-otimo-sinal-de-catolicidade

Escolha de argentino representa «ótimo sinal de catolicidade»

Padre jesuíta António Vaz Pinto vê na eleição de Jorge Bergoglio um sinal da universalidade da igreja

14 de Março de 2013 às 00:49 Redação / AR
VÍDEO: Escolha de argentino representa «ótimo sinal de catolicidade»
O padre jesuíta António Vaz Pinto congratulou-se, quarta-feira, com a escolha de Jorge Bergoglio para novo Papa, considerando que a escolha de um argentino representa «um ótimo sinal de catolicidade».



Numa reação à agência Lusa sobre a eleição do novo Papa, o padre Vaz Pinto manifestou ainda «alegria» por se ter resolvido «este impasse, que não foi nada dramático e que foi perfeitamente expectável» e «simultaneamente de admiração pela pessoa escolhida».



«Porque foi uma pessoa de quem não se falou muito, mesmo nada até, dizem agora que terá sido muito votado no anterior conclave - não sei se é verdade - e também foi o anterior [Bento XVI]», acrescentou.



António Vaz Pinto congratulou-se ainda por a escolha do colégio cardinalício ter recaído sobre um jesuíta, a mesma ordem a que pertence. «E nós, jesuítas, não temos esse hábito, esse treino».



Sobre a escolha do nome Francisco - e ainda que se desconheça se pretende evocar S. Francisco de Assis ou S. Francisco Xavier ou ambos -, o padre Vaz Pinto disse que, independentemente de quem pretenda invocar, a escolha do nome pode augurar «um desejo de pobreza».



«Os dois Franciscos viveram com uma grande austeridade, a reforma da Igreja - o S. Francisco de Assis, na sua simplicidade e humildade, conseguiu uma reforma muito grande da Igreja do seu tempo -, e também um espírito missionário típico do S. Francisco Xavier que partiu da Europa, passou por Portugal, e passou toda a vida empenhado nos outros e no serviço aos outros, na evangelização».



O cardeal argentino jesuíta Jorge Bergoglio, 76 anos, eleito na quarta-feira pelo colégio cardinalício, reunido em Roma, assumindo o nome de Francisco. Francisco sucede a Bento XVI e será o 266º Papa da Igreja Católica.
RECOMENDADOS
NOTÍCIAS MAIS LIDAS
VÍDEOS MAIS VISTOS
COMENTÁRIOS