A Policia Judiciária deteve uma pessoa e outras 19 foram constituídas arguidas por suspeita de pornografia de menores na internet durante uma operação desenvolvida em várias zonas do país, foi hoje anunciado.

A operação “Despertar” foi realizada pela Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e Criminalidade Tecnológica – UNC3T e ocorreu na sequência de informação prestada pela EUROPOL, que visou utilizadores da rede “TOR”.

Na sequência desta operação um homem foi detido e 19 constituídos arguidos.

Segundo a Policia Judiciária, foi apreendido todo o material informático utilizado nos crimes, cujo exame permitirá apurar a extensão da atividade e conexões criminosas da atividade ilícita.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, para efeitos de aplicação de medida de coação.