Em outubro, a TVI foi mais uma vez a estação de televisão preferida dos portugueses, sendo o canal mais visto pelo 135º mês consecutivo. Obteve um share de 20,4%, contra 17,3% da SIC e 12,5% da RTP1, de acordo com os dados da GfK.

No horário nobre a TVI mantém também a posição de líder ao registar 23,7% de share, e o mesmo se passou com o principal “target” comercial, Adultos, com 21,3% e 24,4%, no total do dia e horário nobre, respetivamente.

A TVI foi o canal mais visto na informação, no entretenimento e na ficção.

Os blocos de informação continuaram a liderar perante os produtos concorrentes, com o “Jornal da Uma” a registar 627 mil espectadores e um share de 25,1% e o “Jornal das 8” a obter 1 milhão e 34 mil espectadores com um share de 23,1%.

No entretenimento, “Apanha se Puderes” alcança uma quota de 23,9% e uma audiência média de 901 mil espectadores, valores de liderança absoluta no horário de exibição.

Nas manhãs, “Você na TV” continua a ter a preferência dos portugueses ao registar uma audiência média diária de 355 mil espectadores, correspondendo a um share de 27,4%. A mesma liderança de consumo para “A Tarde é Sua”, que registou 340 mil espectadores e um share de 17,8%, e o “Somos Portugal” que se reafirma como o programa líder indiscutível das tardes de domingo, tendo obtido uma audiência de 693 mil indivíduos e 21,9% de share.

“Biggest Deal”, emitido ao sábado à noite, obtém 558 mil espectadores e 18% de share.

Na ficção a telenovela, “A Herdeira” registou uma audiência média de 1 milhão 369 mil espectadores e um share de 29,8% em outubro, sendo a novela mais vista em prime-time na televisão portuguesa.

“A Impostora” registou uma audiência média de 760 mil espectadores e um share de 22,9%.