A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta segunda-feira a detenção de três homens e uma mulher suspeitos de terem assaltado uma ourivesaria de Tondela, usando uma arma de fogo, em janeiro.

Em comunicado, a PJ explica que, «no decurso do assalto, o comerciante foi ameaçado com arma de fogo, agredido e atirado ao chão, tendo recebido tratamento médico na sequência das lesões sofridas».

Durante as diligências, foram encontrados e apreendidos «alguns objetos relacionados com o crime praticado, disfarces e uma arma proibida», acrescenta.

Os detidos têm idades compreendidas entre os 17 e os 32 anos.

Depois de ouvidos em primeiro interrogatório judicial, os homens ficaram em prisão preventiva e a mulher obrigada a apresentar-se periodicamente às autoridades.