Um homem de 40 anos morreu hoje soterrado numa obra da rede de saneamento no lugar de Maçoida, em Águeda, disse à agência Lusa fonte da corporação local de Bombeiros.

O alerta para os bombeiros foi dado cerca das 17:00.

«O operário estava a abrir uma vala, com cerca de quatro metros de profundidade, para instalar uma conduta de saneamento, quando um aluimento de terra o apanhou desprevenido», disse o adjunto de Comando, Jorge Brites.

Segundo a mesma fonte, a vala não se encontrava escorada na zona onde ocorreu a derrocada.

Os bombeiros utilizaram pás e picaretas para escavar a zona onde o operário ficou soterrado, tendo o cadáver sido retirado cerca das 20:30.

O corpo foi transportado para o Gabinete Médico-Legal de Aveiro para ser autopsiado.

A GNR também esteve no local e avisou a Autoridade para as Condições do Trabalho, que deve agora abrir um processo de averiguação das condições de segurança da obra.