A GNR deteve 64 pessoas, 45 das quais por condução sob o efeito do álcool, e apreendeu 2040 doses de haxixe em diversas operações efetuadas entre as 20:00 de sábado e as 8:00 deste domingo, divulgou a corporação.

Segundo a GNR, dos 64 detidos naquele período, seis foram por condução sem habilitação legal, dois por tráfico de droga, dois por violência doméstica e um por furto.

Além das 2040 doses de haxixe, neste conjunto de ações, a nível nacional, de prevenção e combate à criminalidade violenta foram também apreendidas 2,3 gramas de cannabis e uma arma de fogo.

Em matéria de fiscalização rodoviária, outra vertente da operação realizada, a GNR detetou 641 infrações, designadamente 190 por excesso de velocidade, 86 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 30 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 27 por falta de inspeção periódica obrigatória.

Do rol das infrações detetadas pela GNR constam ainda 27 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 15 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório e seis por infrações relacionadas com tacógrafos.

Quanto à sinistralidade rodoviária, a GNR contabilizou 123 acidentes, que resultaram em três mortos, dois feridos graves e 46 feridos ligeiros.

PSP deteve 32 pessoas em ações de fiscalização

Trinta e duas pessoas foram detidas pela PSP em todo o país nas últimas 24 horas em várias ações de fiscalização, nove delas por condução sob efeito de álcool e sete por posse e tráfico de droga.

Segundo o comunicado da PSP, três outras detenções foram por condução sem carta, duas por ameaça e desobediência a agentes de autoridade, duas por violências doméstica, duas outras por furto em lojas, mais duas por furto a pessoas e uma por especulação.

As restantes quatro foram cumprimento de mandados de detenção.

As detenções ocorreram no âmbito de ações de fiscalização entre as 09:00 de sábado e as 09:00 de hoje.