A Guarda Nacional Republicana inicia, esta segunda-feira, a Operação Tispol, ações de fiscalização da condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas e de combate à criminalidade.
 
A Operação Tispol, que se prolonga até domingo, em todo o território nacional, envolverá 4.836 militares do efetivo da Unidade Nacional de Trânsito, da Unidade de Intervenção e dos comandos territoriais.
 
Segundo a GNR, estão previstas 2.219 ações de fiscalização, «direcionadas para as vias onde as infrações por excesso de álcool e por consumo de substâncias psicotrópicas são mais frequentes e/ou os locais onde existam dados ou indícios da prática de natureza criminal».