A GNR, PSP, PJ e Autoridade Tributária apreenderam 21 veículos e detiveram 13 pessoas na Operação Europeia "JPO Cars", de controlo e fiscalização de viaturas, realizada terça e quarta-feira, foi esta sexta-feira divulgado.

A GNR destaca que cinco dos veículos foram apreendidos por fraude, cinco por dívidas fiscais e dois por furto.

Das 13 pessoas detidas, a GNR salienta houve uma detenção de um homem por situação ilegal no espaço Schengen e identificação de menor desaparecida em França há dois anos.

"O detido, com antecedentes criminais em França por furto, recetação, violência e agressão sexual, não tinha permissão de permanência no espaço Schengen, tendo sido detido quando tentava abandonar o território nacional, em direção a França, com a menor", precisou a GNR.

Durante a Operação Europeia de fiscalização automóvel em fronteiras terrestres e marítima, para detetar "situações ilegais relacionadas com a criminalidade automóvel, com especial incidência no tráfico e viciação de viaturas", as autoridades registaram ainda 174 autos de contraordenação, maioritariamente por infrações rodoviárias e ambientais.