A Guarda Nacional Republicana inicia esta segunda-feira uma nova operação «Truck e Bus», de fiscalização a veículos pesados de mercadorias, que vai decorrer até ao próximo dia 28, envolvendo mais de quatro mil militares.

Um conjunto de 4.132 militares da GNR vai participar na operação, que integra 1.741 ações de patrulhamento, nas vias mais críticas e de maior tráfego.

Segundo a GNR, a operação «Truck e Bus» incidirá no controlo de peso, nos tacógrafos (tempos de condução, pausas, tempos de repouso, viciação e manipulação), na verificação do acondicionamento e transporte de carga, na verificação das condições técnicas e documentação dos veículos, na condução sob efeito do álcool, nas infrações de natureza fiscal e aduaneira e também de natureza ambiental.

A operação visa aumentar o campo de atuação da GNR quanto à segurança nas estradas, aliando as ações de prevenção e fiscalização no âmbito rodoviário, ao combate da criminalidade, incluindo a criminalidade no âmbito fiscal e ambiental.

A iniciativa insere-se na Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária e no «Road Safety Programme 2011-2020», da Comissão Europeia, noticia a Lusa