A GNR multou 331 condutores por excesso de álcool durante a operação “Baco” que decorreu em todo o país durante o fim de semana, anunciou a corporação nesta segunda-feira.

Durante a operação de fiscalização à condução sob influência de álcool e droga, que decorreu no sábado e domingo, os militares da GNR realizaram o teste de alcoolemia a 6.924 condutores, numa média de 144 por hora, indica aquela força de segurança em comunicado.

A Guarda Nacional Republica apanhou, em média, sete condutores por hora com excesso de álcool, totalizando 331 infrações por taxa de álcool no sangue (TAS) superior ao permitido por lei.

Dos 331 condutores detetados em infração, 124 foram detidos por conduzirem com TAS crime, igual ou superior a 1,20 gramas por litro, correspondendo a 37,5% do total das contraordenações, segundo a GNR.

A corporação refere ainda que os distritos onde foram detetadas mais infrações foram Aveiro (55), Faro (45) e Lisboa (43).