ONU: Portugal é 41.º país mais desenvolvido

Relatório das Nações Unidas analisa factores como esperança média de vida, escolaridade ou rendimento nacional bruto por pessoa

Por: tvi24 / PB    |   2 de Novembro de 2011 às 11:36
Portugal ocupa este ano o 41.º lugar entre os 187 países avaliados no Relatório para o Desenvolvimento Humano das Nações Unidas divulgado esta quarta-feira. O país mantém-se assim na mesma posição que ocupava em 2010.

De acordo com a Lusa, nesta análise da ONU são considerados factores como a esperança média de vida, a escolaridade ou o rendimento nacional bruto por pessoa.

Em relação ao ano passado, Portugal caiu do 40.º para o 41.º lugar. Mas como o número de países que integram a tabela aumentou de 169 para 187, os especialistas da ONU consideram que mantém a mesma posição no «ranking».

O documento apresenta a evolução ao longo dos últimos 30 anos. Neste período a esperança de vida à nascença em Portugal aumentou 8,2 anos, a escolaridade subiu em média 2,9 anos e o rendimento nacional bruto por pessoa aumentou 76 por cento.

No entanto, a previsão do rendimento nacional bruto para este ano aponta para o valor mais baixo registado entre os últimos quatro avaliados. Em 2000 atingiu os 20.662, cinco anos depois subiu para 20.980, em 2010 baixou ligeiramente para 20.928 e este ano espera-se que desça para os 20.573.

Portugal apresenta uma esperança média de vida para os nascidos de 79,5 anos e um índice de escolaridade média por habitante de 7,7 anos.

Os peritos da ONU consideram a Grécia e a Hungria como países semelhantes a Portugal, quer pelo número de habitantes e índice de desenvolvimento humano. Ocupam, respectivamente, o 29º e o 38º lugar.

Maioria dos países lusófonos com «baixo nível de desenvolvimento humano»

A maioria dos oito países lusófonos mantém a classificação de «baixo desenvolvimento humano» neste relatório da ONU, apesar dos progressos alcançados nas últimas duas décadas. Moçambique é o quarto pior do Mundo no índice de 2011 das Nações Unidas.

Moçambique (184.º), Guiné-Bissau (176.º), Angola (148.º), Timor-Leste (147.º) e São Tomé e Príncipe (144.º) continuam a ocupar os lugares mais baixos no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que este ano analisou 187 países.

Cabo Verde (133.º) surge classificado como tendo «desenvolvimento humano médio» e o Brasil (84.º) como país de «desenvolvimento humano elevado.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Idoso
Idoso
COMENTÁRIOS

PUB
CDS-PP abre porta ao diálogo com o PSD «com vista ao futuro»

O líder democrata-cristão e vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, garantiu este sábado que «não será pelo CDS-PP que se criarão dificuldades ou demoras» a um diálogo com o parceiro de coligação com vista às próximas eleições, mas deixa um alerta: «não se deve ter pressa em demasia», nem «se deve demorar em excesso», porque «na vida e na política há o momento certo»