A forte agitação marítima provocou este domingo estragos na Praia Grande, no litoral de Sintra, obrigando ao corte do acesso ao areal e aos restaurantes da frente de mar.



«A estrada está cortada, porque o mar voltou a trazer pedras e a dar cabo dos bancos e dos passeios», adiantou à agência Lusa, o presidente da Junta de Freguesia de Colares, Rui Santos. «À primeira vista, a piscina aguentou e não sofreu danos de maior», acrescentou o autarca.



Os estragos foram provocados pela forte agitação marítima, por volta das 04:00, durante a maré alta.



A estrada de acesso à praia está fechada pela GNR na descida para o areal junto da piscina e do hotel, devido aos detritos na via.

«As ondas varreram os bancos, as floreiras e as pedras da calçada, que estão espalhadas pela estrada», contou Vítor Caeiro, do restaurante Angra.



A água também avançou sobre o parque de estacionamento na praia da Adraga. «O mar subiu o rio, mas felizmente não foi muito grave, apesar de ser preciso fazer limpezas», explicou a proprietária do restaurante, Suzete Torres.



De acordo com fonte do Serviço Municipal de Proteção Civil, não há registo de danos pessoais e a Câmara de Sintra está a mobilizar meios para limpar a estrada e permitir a reabertura.



O responsável deixou, no entanto, um alerta para que durante a tarde, a partir das 16:00, «as pessoas não se desloquem para junto da zona costeira,

«devido aos riscos» com a subida da maré e por a ondulação continuar forte.