As barras marítimas de Esposende, Douro e São Martinho do Porto encontram-se fechadas, esta sexta-feira, à navegação e outras três estão condicionadas devido à agitação marítima, de acordo com a informação disponível no site da Marinha Portuguesa.

As três barras encontram-se fechadas a toda a navegação, enquanto a barra de Vila do Conde está fechada a embarcações de 12 metros de comprimento e/ou calado inferior a dois metros.

Já a barra de marítima de Aveiro está condicionada a embarcações inferiores a 12 metros, enquanto a barra da Figueira da Foz está fechada a embarcações com comprimento inferior a 11 metros.

O estado do mar levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a colocar sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, sete distritos do continente, prevendo-se ondas de noroeste que podem atingir os sete metros.

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa estão sob aviso laranja - o que significa que existem risco moderado a elevado - entre as 12:00 de sábado e as 14:00 de domingo.

Os distritos de Setúbal, Beja e Faro encontram-se sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à altura significativa das ondas de oeste/noroeste, que podem chegar a atingir os cinco metros, entre as 15:00 de sábado e as 14:00 de domingo.

A previsão de forte ondulação levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera a emitir quarta-feira um pré-aviso para um «novo episódio de agitação marítima forte" no próximo fim de semana, recomendando "atenção para esta situação».

Também a costa norte da Madeira e de Porto Santo estão sob aviso amarelo por causa da altura significativa das ondas, prevendo-se ondas de noroeste entre quatro a cinco metros, entre as 21:00 de sábado e as 14:00 de domingo.

O IPMA prevê para esta sexta-feira céu geralmente muito nublado, com períodos de chuva fraca, em especial nas regiões Norte e Centro, tornando-se moderada a partir do fim da tarde no litoral a norte do cabo Mondego.

Há ainda possibilidade de neve acima de 1200/1400 metros de altitude até ao início da manhã e a partir do fim da tarde. O vento vai soprar fraco a moderado (10 a 30 km/h) do quadrante oeste, soprando moderado a forte (30 a 45 km/h) nas terras altas, onde haverá rajadas até 80 km/h a partir do fim da tarde.

Deverá ainda verificar-se uma pequena subida da temperatura, com o Porto a rondar os 9 graus de mínima e os 13 de máxima, enquanto Lisboa poderá chegar aos 15 graus, com uma mínima nos 11, e Faro com a temperatura máxima prevista mais alta de 18 graus, registando 10 de mínima.