Encarado por muitos como sentença de morte, o cancro assusta. Há até quem não se atreva a pronunciar a palavra. Só há pouco tempo os obituários dos jornais começaram a substituir a expressão «doença prolongada» por «cancro» nas causas de morte.
 
Não é de hoje que o cancro gera medos e preconceitos. Para desfazer uns e outros, o tvi24.pt consultou um oncologista para nos explicar se muitas das ideias feitas sobre o cancro são mito ou verdade.
 
Veja então os esclarecimentos de Vítor Veloso, presidente do Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro.
  
1 - Cancro é igual a sentença de morte
Não. Diversos tipos de cancro são curáveis, particularmente se detetados numa fase mais precoce. Alguns tipos de cancro, mesmo detetados em fases mais avançadas, também são potencialmente curáveis (ex. Cancro de testículo, linfoma, etc).
 
2 - Cancro é hereditário
O cancro é uma doença que resulta da interacção entre factores ambientais e genéticos do indivíduo.Uma pequena parcela dos tumores malignos são considerados hereditários (até 10%), e a maioria está relacionada com os estilos de vida - tabaco, dieta, exposição solar, sedentarismo, factores ambientais, etc).
 
3 - Problemas emocionais podem provocar cancro
Alterações no sistema imunológico podem predispor o aparecimento do cancro. Há estudos que relacionam o stress, depressão e outros distúrbios psicológicos a alterações no funcionamento do sistema imunológico do indivíduo. Entretanto, o nexo causal direto entre o stress e a depressão com o aparecimento do cancro ainda não foi demonstrado. No paciente já diagnosticado com cancro, esses sintomas podem levar a uma dificuldade maior para enfrentar o tratamento e ser um obstáculo para o sucesso terapêutico e melhoria de qualidade de vida.
 
4 - Há alimentos que provocam cancro
Uma dieta adequada e saudável pode contribuir significativamente para prevenir alguns tipos de cancro - Eat plenty of whole grains, pulses, vegetables and fruits.comer com abundância cereais integrais, legumes e frutas. Por outro lado, devem limitar-se os alimentos de alto teor calórico (ricos em açúcar ou gordura), carnes processadas, carne vermelha e alimentos ricos em sal.
 
5 - Adoçantes provocam cancro 
Não há, até ao momento, evidência científica, apesar de inicialmente haver suspeitas do potencial cancerígeno de adoçantes com ciclamato, aspartame e sacarina. Estudos subsequentes não foram capazes de confirmar esta associação.
 
6 - Cancro provoca esterilidade
De uma forma geral não, mas os tratamentos relacionados ao cancro podem levar a esterilidade.
 
7 - Anticoncepcionais químicos provocam cancro
Não existem estudos definitivos que permitam uma associação entre o uso de pílula anticoncepcional e aumento da incidência de cancro. O uso da mesma pode até estar associado a uma diminuição do risco de desenvolvimento de cancro de ovário. A terapia de reposição hormonal na pós-menopausa aumenta o risco de desenvolvimento de cancro de mama.
 
8 - Álcool provoca cancro
O consumo de álcool esta relacionado ao cancro de cabeça e pescoço, esófago, intestino e mama.
  
9 - Tabaco só provoca cancro do pulmão
O cigarro está relacionado ao aparecimento de diversos tipos de cancro: boca, esôfago, estômago, pâncreas, bexiga, pulmão, etc. (20% de todos os cancros).
 
10 - Cancro de pele é o mais comum
Não. O Cancro do Pulmão é o mais comum seguido do cancro da mama.
 
11 - Cancro de mama é exclusivo das mulheres
Não. Cerca de 1 a 2% dos tumores malignos da mama aparecem no sexo masculino. 
 
12 - Cancro da próstata provoca impotência
Somente o tratamento do cancro de próstata pode levar à impotência. No entanto, nem todos os doentes tratados a cancro de próstata ficam impotentes, sendo que vários fatores são importantes (idade, tipo de tratamento, etc ).
 
13 - Cancro é contagioso
Não.
 
14 - O uso de telemóvel pode provocar cancro
Não há, até há data, evidência científica que o uso do telemóvel provoque cancro.
Não foi comprovado do ponto de vista técnico que há um aumento da incidência de tumores com o uso desses aparelhos.
 
15 - Alimentos aquecidos ou cozinhados no microondas provocam cancro
Não há, até há data, evidência científica que o uso do aparelho de microondas provoque cancro.