Três alunos portugueses conquistaram, pela primeira vez, uma medalha de ouro na Olimpíada da Ciência da União Europeia, que termina este sábado, em Tartu, na Estónia, segundo uma nota Ministério da Educação.

Luís Miguel Costa e Silva, da Escola Secundária Aurélia de Sousa, no Porto, Guilherme Vilela Alves e Raúl Pombo Monteiro, ambos do Agrupamento Escolas Nuno Álvares, em Castelo Branco, foram os vencedores portugueses desta competição que juntou estudantes de 23 países europeus.

A Olimpíada da Ciência da União Europeia (EUSO) destina-se a estudantes do ensino secundário, na faixa etária dos 16 anos, especialmente interessados na área das ciências e pretende estimular a escolha de carreiras científicas, desenvolver talentos e proporcionar a troca de experiências.

Portugal participa na competição desde 2008 e em 2019 será o país organizador da Olimpíada, acolhendo centenas de estudantes de toda a Europa.

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, já felicitou os alunos portugueses, transmitindo-lhes “um enorme orgulho que só pode ser reflexo de muito empenho e de muito trabalho”.