O Itinerário Principal (IP) 5 e a Estrada Nacional (EN) 18, ambas no distrito da Guarda, estão cortadas ao trânsito, assim como a EN112, em Castelo Branco, devido aos fogos, disse à Lusa, pelas 23:00 de hoje, fonte da GNR.

A fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR) informou que a circulação no IP5 se encontra interditada na freguesia de Sobral da Serra, no concelho e distrito da Guarda, pelo que as estradas alternativas são a EN16 e Autoestrada 25.

Ainda na Guarda está cortada a EN18, na zona de Vale de Estiler, entre os quilómetros quatro e 12, e a estrada alternativa é a EN338.

No concelho de Oleiros, em Castelo Branco, está interditada a EN112, que foi cortada pelas 13:30 de hoje, apresentando-se como alternativas as estradas EN238 e EN351.

Segundo a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), às 23:30 de hoje o fogo em Oleiros mobilizava 389 operacionais e 116 meios terrestres.

Casa destruída

O incêndio que deflagrou em Cambas, concelho de Oleiros, continua a lavrar com várias frentes e já destruiu uma casa, disse o presidente da Câmara à agência Lusa.

Não sei ainda se será primeira ou segunda habitação”, adiantou Fernando Jorge, frisando que “não há nenhuma aldeia em risco”, apesar de, cerca das 22:30, as chamas estarem a aproximar-se de “algumas povoações”.

O incêndio, que eclodiu em Selada das Pedras, freguesia de Cambas, às 13:18, tinha “várias frentes” ao início da noite, uma delas “seguramente com 20 quilómetros”, afirmou.

Não há feridos, nem povoações em perigo”, segundo o presidente da Câmara Municipal de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, admitindo, no entanto, que uma “frente enorme” se aproximava do lugar do Orvalho.

Fernando Jorge contou que outra das frentes de fogo progredia na direção da povoação de Caneiros.

Os meios terrestres envolvidos no combate ao incêndio de Oleiros foram reforçados a partir das 22:00, com o número de operacionais a aumentar de 371 para 394, enquanto o total de viaturas também subiu de 112 para 117, de acordo com a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).