A PSP deteve seis pessoas por roubo, furto e recetação de metais não preciosos e apreendeu 415 quilos deste material no âmbito de uma operação realizada na quarta-feira em todo o país, indicou nesta quinta-feira aquela força de segurança.

De acordo com a agência Lusa, cerca de 900 polícias e 300 viaturas policiais estiveram envolvidas na «Operação Teias de Cobre», que decorreu entre as 06:00 e as 11:00 de quarta-feira em todo o país e teve como alvos específicos o furto e a recetação de cobre e de outros metais não preciosos.

O subcomissário da PSP, João Moura, disse à agência Lusa que no total foram realizadas, em cinco horas, 135 operações que incidiram em sucateiras, fiscalização de trânsito e Zonas Urbanas Sensíveis (ZUS).

Segundo o subcomissário João Moura, há algumas ZUS que estão identificadas como locais onde o material é colocado para posteriormente ser vendido.

No âmbito da «Operação Teias de Cobre» foram detidas 23 pessoas, uma das quais por excesso de álcool, 12 por falta de habilitação legal para conduzir, uma por posse de ilegal arma, quatro na sequência de mandados de detenção e seis por roubo, furto e recetação de metais não preciosos.

De acordo com a PSP, cerca de 4.700 viaturas foram fiscalizadas e 650 condutores foram testados nas ações de fiscalização de trânsito.

Os elementos da PSP apreenderam ainda 14 viaturas e 415 quilos de metais não preciosos, nomadamente 79 quilos de cobre e 240 quilos de ferro.