Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista, de 53 anos, morreu esta sexta-feira, vítima de um cancro, no Hospital da Luz, em Lisboa, apurou a TVI24.

O também radialista tinha sido internado de urgência há duas semanas naquela unidade hospitalar. 

Pedro Rolo Duarte trabalhou em vários jornais e revistas, como o Diário de Notícias, O Independente, Se7e, Visão e no jornal i, e também televisões, incluindo a TVI, onde apresentou o programa "Em Legítima Defesa" (1998-1999).

Atualmente fazia o programa Hotel Babilónia, na Antena 1, com João Gobern. Era filho dos jornalistas António Rolo Duarte e Maria João Duarte e pai de António Rolo Duarte, de 21 anos.

Esta semana, na sua crónica semanal no jornal Público, Miguel Esteves Cardoso tinha escrito a Pedro Rolo Duarte. Num curto texto, o escritor lembrava o jornalista dos vários trabalhos que fizeram ao longo do ano e alertava-o de que ainda tinham muitos para fazer. 

"A verdade - aquela que, com unhas e dentes, ninguém nos tira - é que fizemos, singularmente, muita coisa juntos. Mas não te aconchegues: ainda falta muita coisa. Algumas estão marcadas - algumas há muito, muito tempo - e outras, as melhores, ainda estão por marcar, vê lá tu. (Vê lá essa merda)", escreveu.