O presidente da Junta da União de Freguesias de Sequeade e Bastuço (São João e Santo Estêvão), em Barcelos, morreu esta quarta-feira, aos 50 anos, vítima de paragem cardiorrespiratória, durante uma viagem de comboio, informou uma fonte autárquica.

António Castro ainda foi assistido, na estação da Trofa, pelos bombeiros e pelo INEM, mas o óbito acabou por ser declarado no local.

Nas últimas autárquicas, António Castro tinha sido eleito presidente da Junta da União de Freguesias de Sequeade e Bastuço (São João e Santo Estêvão), pelo PS.

No mandato anterior, foi presidente da Junta de Freguesia de Bastuço S. João.

Era funcionário da antiga Refer e trabalhava, durante o período noturno, no Centro de Comando de Operações do Porto.

A Câmara de Barcelos, em comunicado citado pela Lusa, já manifestou “enorme consternação” pela morte do autarca, apontando-o como “um homem empenhado na resolução dos problemas da freguesia e do concelho, dando atenção especial aos problemas dos seus concidadãos”.

Também o PS de Barcelos já expressou o “mais sentido pesar” pela morte de António Castro.