Na sequência de mais um desenvolvimento da investigação "O Segredo dos Deuses" sobre as adoções ilegais da IURD, depois de a TVI ter tido acesso a uma carta que a mulher do bispo que agora comanda a Igreja Universal do Reino de Deus em Portugal enviou ao tribunal português, realizou-se, nesta sexta-feira, na TVI24, um especial informação com a participação das jornalistas Alexandra Borges e Judite França, do juiz Eurico Reis, do procurador Norberto Martins, do bastonário Guilherme Figueiredo, do advogado Marinho e Pinto e da avó das gémeas Maria Odete Rocha.

Um debate que ocorreu no mesmo dia em que o Ministério Público anunciou que "nada deixará de ser investigado", apelando ainda a "todos os que tenham conhecimento de factos relacionados com as alegadas adoções ilegais" para que façam chegar essas informações ao MP. 

Desde 5 de dezembro de 2003 que a Justiça portuguesa tem conhecimento da carta de Márcia, onde ela relata como uma criança, Fábio, foi enviada no avião privado de Edir Macedo, líder máximo da IURD, para o Brasil.

Uma carta que, apesar de denunciar a situação das adoções, não teve consequências em Portugal.

Veja nos vídeos associados algumas das intervenções, como a da avó que durante 20 anos procurou as netas, que desapareceram mesmo depois de ter uma decisão favorável do Tribunal da Relação de Lisboa.