Nos novos episódios de "O Segredo dos Deuses", vamos conhecer o desenvolvimento de uma das histórias que contámos na primeira série: o caso de Clara e dos seus filhos Filipe e Pedro.

Clara é a mãe biológica destes dois irmãos e vai reencontrar os seus filhos 23 anos depois de lhos terem roubado.

As crianças foram deixadas no lar ilegal da Igreja Universal do Reino de Deus e Filipe foi escolhido por fotografia para ser neto de Edir Macedo, o líder máximo da IURD. Pedro, o mais velho, acabou com outra família.

Foi através da TVI que mãe e filhos se voltaram a abraçar. E os próprios irmãos só se viram face a face também agora.

Ambos foram separados pela Santa Casa da Misericórdia. A técnica que tratou dos casos foi confrontada com os documentos, mas apenas reconhece um dos processos - o de Pedro - e nem sabia da existência de Filipe.

Segundo uma das jornalistas que investigou as adoções ilegais da IURD em Portugal, Judite França, foi a sogra de Filipe que pediu para entrar em contacto com Clara e o encontro entre mãe e filho proporcionou-se porque este foi prestar declarações no DIAP, no âmbito da investigação que está a ser realizada.

“Clara contou agora aos filhos, de viva voz: Eu não vos abandonei, eu não vos deixei, eu não queria que o desfecho tivesse sido este, eu não sabia sequer que vocês tinham sido adotados.”

No entanto, o reencontro com os filhos acabou mal.

O resto será desvendado esta quinta-feira, no "Reencontro", o primeiro episódio desta nova série, para ver no Jornal das 8 da TVI.