Moyses Rangel Bezerra, o filho que  Edir Macedo diz ter adotado com 14 dias foi registado diretamente, como tendo nascido de Ester, a mulher do fundador da IURD.

Pela primeira vez, Rosemere, a mãe biológica de Moyses quebrou o silêncio e diz ter sido enganada pelo Bispo.

A TVI reuniu as provas desta mentira que prova mais uma falsa adoção de um rapaz que hoje tem 33 anos e que a IURD e o próprio Edir Macedo sempre disseram ter sido adotado com 14 dias.

A IURD mantem a história que Edir Macedo relata no seu livro, afirmando que o Bispo Edir Macedo e a a sua esposa são os pais adotivos, legalmente constituídos perante o poder judiciário, de Moyses.

Dizem ainda que no Brasil não existe nenhuma diferença ou anotação na Certidão de Nascimento que indique que os pais de uma criança são adotados ou biológicos.

Num email que chegou à TVI hoje, fonte oficial da IURD, diz que a mãe de Moyses nunca recebeu nenhum beneficio da igreja, que nunca houve nenhuma compensação e que só 16 anos após esta "adoção" terá começado a trabalhar para eles como cozinheira.