Bagas de Goji: estas bagas, provenientes da gastronomia chinesa, já foram utilizadas como um alimento medicinal no tratamento da diabetes e da hipertensão. Contêm antioxidantes que trazem benefícios para a pele e assemelham-se muito aos frutos vermelhos no que toca a polifenóis, que ajudam a normalizar a pressão arterial.



«Elas têm muito interesse até para pessoas que praticam desporto todos os dias, ou com frequência, e que naturalmente têm maior oxidação do sangue, que provoca um envelhecimento da pele mais precoce. Até para pessoas que trabalham em ambientes fechados, com ar condicionado, em escritório, fazem todo o sentido porque fornecem essa proteção contra esse envelhecimento da pele e do corpo», diz Mafalda Almeida.




Sementes de cânhamo



«São muito boas para pessoas que fazem dietas com menos teor de carne ou de peixe e que precisam de ir buscar uma fonte de proteína. Até para pessoas que fazem exercício e que querem ganhar massa muscular. Para além disso, são muito ricas nos tais ácidos gordos que são ótimos para baixar o colesterol, para ajudar a tensão arterial», explica a nutricionista.




Sementes de chia
sementes de linhaça


«As sementes de chia e de linhaça têm exatamente as mesmas propriedades. (…) A vantagem destas duas sementes é que elas incham bastante no estômago. As de Chia, então, são muito consideradas para os regimes de perdas de peso para dar mais saciedade (…). As duas são também muito benéficas a nível intestinal porque vão ajudar a formar um bolo fecal mais consistente e ajudam em todos os problemas de obstipação, de pessoas que têm um trânsito intestinal irregular», informa Mafalda Almeida.




Frutos vermelhos

«Há estudos que indicam que pessoas que têm um AVC uma primeira vez, ao consumirem mais estes frutos num regime diário conseguem evitar todas as degenerações que o corpo tem e até uma possível reincidência», refere a nutricionista.