Não é preciso recorrer à astrologia para saber que alguns eventos vão ser notícia em 2018. O Mundial da Rússia, onde Portugal quer lutar pelo título após se tornar campeão europeu, em 2016, será - certamente - um dos mais importantes. Mas não o único.

Outros acontecimentos prometem ser capas de jornais e abertura nos telejornais. Deixamos aqui uma pequena antevisão do que vai acontecer no próximo ano, seguindo uma lógica temporal dos meses. Por exemplo, antes de Cristiano Ronaldo entrar em campo, será o "Ronaldo do Ecofin" a assumir a liderança do jogo.

Mário Centeno (Reuters)

Mário Centeno assume presidência do Eurogrupo

Mário Centeno, ministro das Finanças português, foi eleito presidente do Eurogrupo em dezembro de 2017. Mas só irá tomar posse, oficialmente, dia 13 de janeiro de 2018. Um dia depois do atual detentor do cargo, Jeroen Dijsselbloem, deixar a sua posição.

PSD escolhe novo líder

Rui Rio e Pedro Santana Lopes disputam a liderança do PSD. Os militantes vão eleger o sucessor de Pedro Passos Coelho a 13 de janeiro de 2018.

Julgamento da Operação Fizz

A justiça vai ter um ano cheio. O ano começa, praticamente, com o início do julgamento do ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente.

Manuel Vicente (Reuters)

O julgamento do processo Operação Fizz, que tem como arguidos o ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, e o procurador Orlando Figueira, tem início marcado para 22 de janeiro.

O antigo vice-presidente angolano e ex-líder da petrolífera Sonangol é suspeito de ter corrompido Orlando Figueira para que o então procurador do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) arquivasse dois inquéritos, um deles o caso Portmill, relacionado com a aquisição de um imóvel de luxo no Estoril.

Bob Dylan dá concerto em Lisboa

O cantor, compositor norte-americano e Nobel da Literatura Bob Dylan vai atuar na Altice Arena, em Lisboa, no próximo dia 22 de março. Será o primeiro concerto em Portugal desde que foi premiado com o Nobel da Literatura em 2016. Os bilhetes vão custar entre 39 e 240 euros.

O Festival da Eurovisão

Depois da vitória de Salvador Sobral em 2017, Lisboa recebe - a 8, 10 e 12 de Maio - na Altice Arena, o Festival da Eurovisão 2018. A edição terá com inspiração a cultura e história de Portugal.

Casamento do Príncipe Harry com Meghan Markle

O Príncipe Harry anunciou em 2017 o noivado com Meghan Markle, tendo a cerimónia sido marcada para o dia 19 de maio.

Segundo um comunicado oficial, o príncipe pediu em casamento Meghan Markel, com quem namora desde julho de 2016, no início de novembro, em Londres.

Meghan Markle e Príncipe Harry  (Lusa/EPA)

O casamento vai realizar-se no Castelo de Windsor, segundo o Palácio de Kensington.

Mundial da Rússia 2018

Espanha, Irão e Marrocos são as equipas que a seleção de Portugal vai defrontar no Mundial de 2018, a realizar-se na Rússia. As equipas entram em campo em junho e este é um evento que promete ser notícia em Portugal e não só.

Seleção de Portugal (Lusa)

A seleção das Quinas, vencedora do Euro 2016, ficou no Grupo B. O primeiro encontro dos jogadores lusos está marcado para dia 15 de junho, às 19:00 (hora de Lisboa), logo frente à Espanha, treinada por Julen Lopetegui, que já passou pelo FC Porto.

Cinco dias depois, a 20 de junho, Portugal volta a entrar em campo, desta vez frente a Marrocos. O jogo vai realizar-se às 13h00 (de Lisboa).

O terceiro e último jogo da fase de Grupos será a 25 de junho, às 19:00 (hora de Lisboa), frente ao Irão, treinado por Carlos Queiroz

O Grupo B, onde Portugal está, vai cruzar-se com o Grupo A - da anfitriã Rússia. Se a seleção nacional ficar em primeiro ou segundo lugar, segue para os oitavos de final. Dependendo da posição, poderá jogar a 30 de junho ou 1 de julho.

Eleições Presidenciais na Venezuela, Rússia e Brasil

Em ano de Mundial, a Rússia também vai eleger um presidente em março de 2018. Garantida está já a candidatura de Vladimir Putin. Se vencer, alcança o seu quarto mandato no Kremlin.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou, nos primeiros dias de dezembro, que as forças políticas que apoiam o seu governo estão a preparar-se para realizar eleições presidenciais em 2018. 

Nicolás Maduro (Lusa/EPA)

O ato promete voltar a trazer a contestação às ruas do país, já que Maduro baniu de participar nas eleições presidenciais os partidos que boicotassem as eleições municipais de 10 de dezembro. Uma decisão anunciada e cumprida pela maioria dos partidos da oposição. Não foi ainda anunciada uma data concreta para a realização do ato eleitoral.

Já no Brasil, as eleições presidenciais estão marcadas para 8 de outubro de 2018. Lula da Silva lidera as sondagens, segundo vários órgãos de comunicação social brasileiros, apesar de ter o seu nome envolvido em vários casos judiciais.